quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Turíbulo



Circunferências de prata
de onde desprendiam-se 
volutas odoríferas que
curvavam-se até derramar
a sua poesia pelo chão,
mas que logo eram erguidas
à etéreas e místicas alturas
ao som das rezas e pela
comoção de preces que 
procuravam ter com Deus
uma íntima comunicação...

Nenhum comentário:

Postar um comentário