terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Voo




















Na casa de minha avó
a sala
dentro da sala
a mesa
sobre a mesa
o livro
e dentro do livro o poema...


Sonetos de Quintana,
uma pátria de sonhos
infâncias e lembranças
pra onde meu coração voou
para nunca mais voltar...

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Inconsciência















Dorme a tua casta
de estrela,
eu sigo minha sina
de pária.


Durmo ao relento
de mim mesmo
tendo só por
testemunha
a palavra.


Dorme a tua casta
de estrela...
E a humanidde dorme 
sobre ela mesma!

Encontro Sobrenatural

A rua estreita iluminada com luares que enfeitavam de outros ares a viela urbana, que assim preenchida de um silêncio antigo, guard...