quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Regressos...



O céu rosnou mansinho como um cão pequeno e bravo...
A  chuva lavou as calçadas e o quintal...

O gato assustado atravessou a rua para voltar para casa
e os passarinhos aquietaram-se também em suas precárias casas

E nesse inesperado retorno de cada coisa ao seu lugar
espero como a água que foi rio, nuvem e mar

Aquietada no fundo escuro do chão, de onde tudo começa,
o tempo certo (aguardamos), a hora certa de retornar...

Sobre Caminhos...

Tem caminhos que se acha, tem também caminhos que nos acham... Mas eu acho que tem  caminhos que se acha dentro, depois de muitas j...