quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Canção do Grande Encontro...



Nos beiras do cimo dos prédios
os fantasmas da nossa felicidade
espiam aguardando por nós,
suplicam um olhar que creia
e um coração sem medos,
e asas de sonhos que nos elevem
e nos enlevem a sonhos mais altos...

Não temas, o Amor não é longe,
nem é longe ser amado também!
Tem a exata distância de nossa fronte
e o alcance de nossa vista... Por isso
ergue tua fronte, amplia tua visão...
Ah, e como não, abras os braços,
pois que os sentidos só nascem
no encontro dos corações...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Incidente Poético



Desabotoaram-se todas as luzes do céu,
e o dourado e o azul abriram-se na minha mão
e da minha mão pra caneta, e da caneta pro mundo...!
Afim de que o tempo não varra pro fundo
do esquecimento um dia assim...

Na verdade eu tenho é medo
de que o infinito de cada momento
se perca, pra sempre, de mim...