terça-feira, 26 de setembro de 2017

Ternuras



Eu me reinvento em abraços
para criar mais espaço
para mim mesmo

Mergulho em ternuras
amo os amigos, os gatos,
meus versos, meus erros
e mais ainda meus acertos

Eu me apresento na versão
melhor de mim mesmo
para encurtar distâncias,
essas que somem nos abraços...!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lonjuras da Memória...

Havia sempre livros na mesa, mas quando eu chegava ela estava com a tevê sempre ligada, mas nunca na frente, nunca à ela presa... Co...